Acusado de tentar assassinar mulher vai a júri-popular em Açailândia

12:02

Na manhã desta segunda feira (21) a Justiça voltou a realizar júri popular em Açailândia. Desta vez o réu é o lavrador Gregório da Silva, 63 anos, ele é acusado de tentar assassinar em 14 de fevereiro de 1999 sua então esposa Jacira.

De acordo com as informações que o Blog do Maicon Sousa teve acesso, o crime ocorreu por volta de 1h da manhã, onde segundo a denúncia, por motivo torpe e utilizando-se de meio cruel, Gregório tentou matar Jacira a pauladas e golpes de faca, deixando ela em seguida em um matagal para morrer. O homem nega todas as acusações. 

Jacira foi socorrida a tempo e sobreviveu e acompanha o julgamento de seu ex-esposo na manhã desta segunda feira, na Câmara Municipal. De acordo com a denúncia, após cometer a tentativa de homicídio, Gregório fugiu para o Pará, passando por várias cidades até ser preso em São Mateus. 

Durante seu depoimento ao juiz ele se negou a responder algumas questões e negou que tenha dado depoimento a delegada da época em que foi preso, mesmo constando que ele havia relatado o caso para a autoridade policial. Ao responder as perguntas de seu defensor, Gregório relatou que certa vez chegou do trabalho e presenciou Jacira conversando com seu então ex-marido na casa dele e que teria visto ela o beijando, e disse ter terminado o relacionamento, em seguida entrou em contradição ao ser perguntado se havia terminado o relacionamento antes ou depois que ela sofreu o atentado.

O resultado do júri só deve ser divulgado no fim da tarde.

Leia Também:

0 comentários