Prefeito Assis Ramos visita HMI. - "Visitas serão rotinas", afirma

Uma das atividades do primeiro dia da gestão de Assis Ramos, foi “a inspeção de trabalho” realizada na tarde de ontem nas dependências do Hospital Municipal de Imperatriz – Socorrão e Socorrinho. 

Acompanhado dos secretários de Saúde (Alair Firmiano), de Governo (Marlon Moura) e de Comunicação (Sérgio Macedo), Assis realizou reunião com a Direção do Hospital e visitou alguns setores, bem como as enfermarias. “Essa é uma inspeção de trabalho que faremos quinzenalmente, e o objetivo é dar agilidade as demandas, acompanhar de perto os problemas, propor resolutividade e dar suporte a nova direção”, afirma o Prefeito. 

Assis ressaltou ainda que estas inspeções fazem parte da sua metodologia de trabalho que visa desburocratizar os processos na resolução das demandas do município, principalmente no que tange a saúde. Vale lembrar, segundo ele, que esse é dos princípios da nova administração, otimizar o tempo gasto para resolução de problemas.

Durante a visita, Assis Ramos concedeu entrevista à equipe de reportagem da TV mirante onde falou dos desafios que está assumindo frente ao município para gerir a saúde de Imperatriz. Ele ressaltou que o atendimento não pode parar, e que jamais deixará de atender as pessoas que vem de fora, contudo há a necessidade de rever como deve ser feito este processo. 

“O sistema é único. Não queremos deixar de atender as pessoas de outros municípios, mas queremos que o município receba os valores devidos para isso, porque senão quem se sacrifica é o imperatrizense; por isso pretendemos fazer com que os municípios de origem das pessoas que vem pra cá, repassem o dinheiro para a saúde de Imperatriz”, garante, ao observar que outra iniciativa da gestão será de ir até o Ministério da Saúde, demonstrar a demanda existente e trazer recursos compatíveis.

Maria Almeida/ASCOM-PMI
Foto: Sidney Rodrigues
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Escrever comentários
quarta-feira, 4 de janeiro de 2017 12:31:00 BRST delete

¯\_(ツ)_/¯ ©

2017

Viva 2016!

Em 2016 houve fato fabuloso sim, apesar de Vanessa Grazziotin falar que não, dessa forma equivocada assim:

“O ano de 2016 é, sem dúvida, daqueles que dificilmente será esquecido. Ficará marcado na história pelos acontecimentos negativos ocorridos no Brasil e no mundo. Esse é o sentimento das pessoas”, diz Grazziotin.

Mas, por outro lado, nem que seja apenas 1 fato positivo houve sim! É claro! Mesmo que seja, somente e só, um ato notável, de êxito. Extraordinário. Onde a sociedade se mostrou. Divino. Que ficará na história para sempre, para o início de um horizonte progressista do Brasil, na vida cultural, na artística, na esfera política, e na econômica.

Que jamais será esquecido tal nascer dos anos a partir de 2016, apontando para frente. Ano em orientação à alta-cultura. Acontecimento esse verdadeiramente um marco histórico prodigioso. Tal ação acorrida em 2016 ocasionou o triunfo sobre a incompetência. Incrementando sim o Brasil em direção a modernidade, a reformas e mudanças positivas e progressistas. Enfim: admirável.

Qual foi, afinal, essa ação sui-generis?

Tal fato luminoso foi o:

— «Tchau querida!»*

[ (*) a «Coração Valente©» do João Santana; criada, estimulada e consumida. Uma espécie de Danoninho© ‘vale por um bifinho’. ATENÇÃO: eu disse Jo-ã-o SAN-TA-NA].

Eis aí um momento progressista, no ano de 2016. Sem PeTê. Sem baranguice. Sem política kitsch do Petismo.

A volta de decoro ao Brasil.

Feliz 2017 a todos.


[P.S.: a todos do blog, que fiquem atentos à picaretagem em 2017 & que vossas mentes permaneçam rápidas perante ao ilusionismo do PT. Um sublime 2017!].

Responder
avatar