Terror em Bacabal: policiais prendem bandido e outros permanecem cercados

Os policiais que participam da operação no combate à quadrilha que tentou explodir caixas eletrônicos do Banco do Brasil de Bacabal e na empresa de valores Prosegur, naquela cidade, prenderam um bandido que daria suporte aos criminosos. Na fuga, eles jogaram 30 quilos de Miguelito (pregos) que furaram os pneus de cinco caminhões para evitar a perseguição policial.
Cerca de 15 bandidos chegaram à cidade por volta das 21h30 de ontem, terça-feira, dia 03 de janeiro, mas tiveram o intuito abortado pelos policiais pelas equipes do Cosar e das tropas do 15º BPM.
Eles, com quatro Hilux, foram pra cima, mas os policias reagiram já de fora de uma viatura. Durante o tiroteio, os bandidos usaram como estratégia a explosão de dois dos seus veículos que estavam sendo utilizados por eles e se emprenharam no mato.
Ao contrário do que foi divulgado apressadamente por blogs e sites, não existem confirmações de mortes até agora, mas apenas a prisão de um deles que daria suporte para a fuga.
O clima, com as explosões dos dois veículos deles, e não de viatura da PM, ficou tenso na cidade. Muitos imaginaram que estava ocorrendo um tremor de terras em Bacabal.
Se o plano fosse efetivado pelos bandidos, seria a maior ação no Maranhão com o assalto a empresa Prosegur e a explosão aos caixas do BB.
Ao contrário do que aconteceu em em Redenção, no Pará, quando bandidos explodiram os cofres da Prosegur, assim como em São Paulo, a polícia maranhense foi rápida e eficaz, abortando o assalto e fazendo o cerco aos criminosos, que devem ser presos agora cedo da manhã.

*Via Luis Cardoso
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »