Agora é guerra, para não cair Temer apela e parte pra cima de Rodrigo Janot

Por Maicon Sousa
Pressionado pela denúncia oferecida pelo chefe da Procuradoria Geral da República, Rodrigo Janot, o ainda presidente Michel Temer decidiu partir para o ataque, e tem feito isso sem qualquer escrúpulo. 

Na tarde desta terça feira ao se pronunciar sobre a denúncia de corrupção passiva da qual é o alvo, Temer insinuou que Janot levou dinheiro da JBS/ Friboi, ou seja, que está junto com o empresário Joesley Batista, e por isso trama a sua queda. 

Mas ainda nesta segunda feira, se antecipando a chegada da denúncia a Câmara Federal, Temer se reuniu com os principais aliados e também com o marqueteiro Elsinho Mouco, que cuida da imagem de Temer. A tática adotada foi questionar as ações de Janot e tentar desmoraliza-lo dia e noite, não deixado que o mesmo tenha paz.

E isso tem sido seguido a risca por Temer, agora é guerra. A tendência é que a baixaria tome conta do processo, acompanhada da dissimulação, demonstrada ao extremo por Temer ao dizer que "não sabe como Deus lhe colocou como presidente", quando na verdade ele sabe que foi com base nos conchavos e acordos de bastidores que chegou até lá, não tendo Deus, por tanto, nada haver com isso. 

Segura essa batata quente Temer, que ela é só tua.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »