Com corte Federal, Açailândia perde mais de R$ 2 milhões e salários podem ficar comprometidos

07:54

Com o corte autorizado pelo Governo Federal por meio da portaria nº 823/2017 de R$ 177 milhões das prefeituras do Maranhão, referentes ao ajuste anual do Fundeb de 2016, as prefeituras em todo o Estado enfrentarão graves problemas financeiros. Os prefeitos terão muita dificuldade para pagar a folha do mês de julho. Ocorre que segundo apurou o Blog do Maicon Sousa, a maior parte da folha é composta de servidores da educação e utiliza a verba do Fundeb para efetuar os pagamentos.

O desconto já está sendo realizado e será fator determinante para um grande déficit financeiro que jogará os municípios já atingidos com outros cortes, devido a crise, em dias ruins. O município de Açailândia já teve descontado R$ 2.667.322, 36 (Dois milhões, seiscentos e sessenta e sete mil, trezentos e vinte e dois reais e trinta e seis centavos). O valor total do desconto pode chegar a mais de três milhões, e evidentemente, vai haver complicações no setor. O Estado também perdeu R$ 47 milhões de reais.

Em Bom Jesus das Selvas o prefeito pretendia iniciar as reformas das escolas, aproveitando o período das férias, ação que precisou ser adiada devido o corte. Em outras cidades da região atitudes drásticas estão sendo tomadas.

A planilha abaixo, a qual o Blog teve acesso exclusivo, comprova (em vermelho) que valor já foi debitado das contas da Prefeitura de Açailândia. E mais descontos devem ocorrer.



Leia Também:

1 comentários