Homem vai à delegacia registrar furto e acaba sendo preso

12:55

Um homem foi à Delegacia da Polícia Civil de Imperatriz para registrar boletim de ocorrência sobre desaparecimento de R$20.000,00 de sua conta bancária e acabou sendo preso.
Carlos da Silva Costa de, 53 anos, tinha um mandado de prisão por estupro de vulnerável, que foi registrado na 4ª Vara Civil da cidade de Davinópolis, com validade até o ano de 2033. A voz de prisão foi dada e ele foi encaminhado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI).
Além de Carlos da Silva, também foi preso outro homem nesta segunda-feira, identificado como Dhosa Noleto da Silva. Este tinha dois mandados de prisão, um da 4ª Vara Criminal, pelo crime de roubo majorado com concurso de pessoas, com validade até o ano de 2022, o segundo, também pelo crime de roubo, expedido pelo 2ª Vara Criminal, com validade até o ano de 2026.

Leia Também:

0 comentários